Subscribe Us


 

Homem é preso depois de enganar Juiz e não cumprir acordo para pagamento de pensão alimentícia

 Prisão foi realizada pela Polícia Civil na cidade de Inhapi, nesta terça-feira, 23. 


Um homem foi preso depois de enganar o Juiz da Comarca de Inhapi e não cumprir um acordo estabelecido em uma audiência que tratava sobre o pagamento de pensão alimentícia no Sertão de Alagoas. A prisão foi realizada pela equipe da Polícia Civil nesta terça-feira, 23.

De acordo com o chefe de operações, Flávio Moreira, a autoridade judicial designou que a Polícia Judiciária cumprisse um mandado de prisão contra o acusado que além de não pagar a pensão alimentícia do filho (a), ele acabou enganando o juiz durante uma audiência.

“Fomos informados que o acusado disse que iria cumprir com o pagamento e que inclusive estaria disposto a se apresentar para mostrar o comprovante, porém ele determinou uma data e não mais se apresentou, continuou sem pagar a pensão e por isso hoje recebemos a determinação para prendê-lo.” Destacou.

O policial ainda disse que a equipe comandada por ele, se passou por representante de uma empresa para pontear o acusado e prendê-lo em sua residência, já que ele tinha ciência que a qualquer o momento poderia ser capturado.

Ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) onde está preso à disposição da justiça.

Postar um comentário

0 Comentários